top of page
Buscar

Procrastinação: O inimigo oculto que te impede de alcançar suas metas

Você sabe o que é procrastinação? É aquele hábito que adiamos tarefas chatas ou difíceis para fazer mais tarde. Quem nunca deixou para arrumar aquela gaveta bagunçada ou o quartinho da bagunça? Mas não se preocupe, esse comportamento não é incomum. Na verdade, muitas pessoas procrastinam em contextos acadêmicos e empresariais também. Quando algo parece difícil ou acreditamos não ser capazes o suficiente, tendemos a adiar até o último momento.


Se você se identificou com esses exemplos, provavelmente consegue pensar em outros. É difícil mudar esse comportamento, pois nos proporciona um conforto temporário. Esse conforto aumenta quando, mesmo procrastinando, conseguimos cumprir prazos, metas e entregar tarefas com excelência. No entanto, na maioria das vezes, a procrastinação está associada a sentimentos negativos, como culpa e inutilidade.


Agora que você já sabe o conceito, vamos exercitar o reconhecimento da procrastinação no dia a dia. Será que você está procrastinando se usa o celular demais em vez de cumprir uma tarefa importante? Ou se tem dificuldade em focar e definir prioridades, inventando várias outras coisas para fazer antes de encarar aquele trabalho chato? Ou ainda se fica elaborando e pensando demais antes de começar efetivamente? E se você sempre deixa suas entregas para a última hora?


Se você se reconheceu em alguns desses comportamentos, é provável que esteja procrastinando. Mas agora que você já sabe reconhecer os sinais, o que fazer com isso? Aqui vão algumas técnicas que podem te ajudar:


1. Descubra a causa da sua evitação: É importante compreender e encarar a situação que você está evitando. Pense sobre isso! O primeiro passo é sempre o pensamento.


2. Divida suas tarefas em partes menores e se recompense a cada meta cumprida: Faça um pouco por dia, mesmo que pareça insignificante. Isso ajudará você a se engajar e transformar suas tarefas em hábitos.


3. Tenha metas, faça listas e se organize: Organizar suas atividades reduz a sensação de "não sei por onde começar". No entanto, organize-se apenas o suficiente e, em seguida, vá e faça.


4. Registre suas escolhas e entenda o motivo por trás de cada tarefa: Tome decisões conscientes para alcançar um objetivo maior. Mantenha sempre esse objetivo em mente.


E então, o que está esperando? Vá completar aquela lista gigantesca de coisas pendentes. Até a próxima!


Referências:

ALEXANDRE DE SANTI. A ciência da procrastinação. Super. Disponível em: <https://super.abril.com.br/comportamento/a-ciencia-da-procrastinacao/>. Acesso em: 22 Dec. 2021.

ARIELY, Dan. Previsivelmente irracional. Elsevier Brasil, 2008.

BENITO, Cristina. Time Mindfulness: Assuma o controle de seu tempo e viva de forma mais próspera e criativa. Agir, 2021.


Comments


bottom of page